Blog
30
Set
2020
O papel das empresas no Setembro Amarelo

O papel das empresas no Setembro Amarelo


No último dia do mês não podemos deixar de falar do movimento Setembro Amarelo, mês dedicado à prevenção do suicídio. Este movimento que teve início no ano de 2015, consegue a cada ano impactar mais pessoas ao fornecer informações para a população, promovendo a melhoria da saúde mental e a redução do risco de suicídio.

Índices são alarmantes

O Brasil é o oitavo país em número absoluto de suicídios no mundo e a média brasileira são de 32 pessoas que tiram suas vidas por dias. Somado isso aos índices mundiais, chegamos ao número de 1 milhão de pessoas por ano que suicidam.

Além deste número alarmante, temos também as pessoas que são impactadas diretamente por estas mortes, como os membros da família, amigos e outros. Só nos EUA cerca de 7% das pessoas são impactadas e expostas a este período de luto a cada ano.

A Organização Mundial da Saúde (OMS) acredita que nove entre dez suicídios poderiam ser prevenidos e evitados quando há o reconhecimento de alguns sinais e de pedidos de ajuda quase que imperceptíveis.


Importância de falar sobre este assunto

Pesquisando sobre o tema, foi possível perceber que todos, ou a maioria dos textos e materiais lidos sempre trazem uma ou todas as palavras abaixo listadas e com isso foi possível perceber o quanto somos carentes de informação e como precisamos saber cada vez mais sobre o tema, suas possíveis motivações e sinais, pois é somente com conhecimento que teremos a capacidade de ajudar e até mesmo identificar quem precisa de ajuda.


  • Tabu: refere-se a uma resistência da sociedade, seja moral, religiosa, ética e/ou cultural para discutir sobre determinado assunto.

  • Desmistificação: vem da palavra mito, que pode significar algo fantasioso, irreal, inacreditável ou, ainda, pode representar uma imagem de algo ou de alguém que, embora seja aceita pela sociedade, é exagerada. Portanto, desmistificar é desfazer um mito, retirar o caráter lendário.

  • Conscientização: tornar consciente, de fazer com que alguém saiba algo ou de passar a conhecer alguma coisa

  • Informação: conhecimento existente sobre um assunto: 1 conhecimento, referência, noção, ideia, base, pesquisa, investigação, averiguação, inculca.

  • Saúde mental: de uma pessoa está relacionada à forma como ela reage às exigências da vida e ao modo como harmoniza seus desejos, capacidades, ambições, ideias e emoções. Ter saúde mental é: Estar bem consigo mesmo e com os outros.


Mesmo estando tão evoluídos tecnologicamente e cada vez mais informados, o tema suidicio ainda é um Tabu entre as pessoas, principalmente por trazer questões culturais e religiosas, mas o que fica evidente é que precisamos desmistificar o assunto com muita informação e conscientização. As empresas tem um papel importante nesse sentido, pois conseguem impactar um número expressivo de seus profissionais e isso acaba reverberando sobre seus amigos e familiares.


Empresas e o Setembro Amarelo

As empresas que estão atentas sobre a importância desta campanha conseguem fazer a diferença na vida das pessoas. Uma forma muito vista e praticada são as rodas de conversas, discussão e depoimentos sobre o tema.

Este movimento se torna ainda mais importante no cenário caótico que o mundo está vivendo na pandemia, pois foi possível visualizar mais de perto a necessidade de ações dentro das empresas em promoção a saúde com atuações mais próximas para cuidados físicos e mental de seus colaboradores.

A pandemia trouxe um desafio adicional ao Setembro Amarelo deste ano, pois além de ser um tema sensível em muitos lugares, tivemos que lidar com isolamento, ansiedade, estresse e para piorar o número estrondoso de doentes e mortos. Ter um ambiente confortável em que as pessoas possam falar sobre o tema, compartilhar das suas dificuldades e ansiedades contando com pessoas que estão preparadas para ajudá-las e entendê-las, contribui, e muito, para sua saúde.

É necessário também estar atento aos sinais de depressão ou ainda de doenças ocasionadas pelo trabalho que podem levar ao suicídio. Acolher os funcionários e encaminhar para o acompanhamento médico e psicológico é uma das formas de como RH’s tem uma atuação direta sobre o tema na vida das pessoas.


Referências:

https://rhpravoce.com.br/posts/saude-mental-sem-tabu-setembro-amarelo-e-prevencao-do-suicidio

https://www.dicio.com.br/

http://www.flip3d.com.br/web/pub/cfm/index9/?numero=14#page/1

https://www.setembroamarelo.com/


SOBRE A AUTORA:

Karina Soares: graduada em Administração e pós-graduada em Controladoria e Finanças. Atua em projetos de People Analytics, digitalização, automatização de processos de Departamento Pessoal e tem grande experiência na gestão e operacionalização da legislação trabalhista.


Karina Soares

Comente essa publicação